sexta-feira, novembro 24, 2006

Perdido nas antiguidades


Costumo ir a 2 feiras de antiguidades: a de Óbidos e a das Caldas. A maior parte dos dias, não encontro nada de fascinante, - dá a ideia que o povinho português sempre foi teso, ou nunca se deu ao gosto pelo coleccionismo, ou simplesment partiu tudo o que tinha de interessante em sua posse antes de conhecer o criador - noutros dias, aparecem recheios de casas inteiros, que são um festival.
Mas um dia destes, isto andava perdido...


Alguma aposta sobre o que pode ser?

6 comentários:

Pirilampa disse...

um diamante para cortar vidro?

Porcos no Espaço disse...

Parece-me um instrumento de oftamologista ou de otorrino. Não se percebe muito bem, mas lembra-me aqueles aparelhómetros que estes médicos usam para espreitar para dentro do pessoal.



Assim de repente, também me lembra uma colher de gelado, daquelas para tirar bolas.


O mais provável é não ser mesmo nada do que eu estou a dizer.

Anónimo disse...

Um abre latas de conservas.
Cumprimentos

Perdido disse...

para o Porco ( sem ofensa )

é como dizes, um oftalmoscópio. Bem antigo.

Porcos no Espaço disse...

Ok.



Qual é o prémio?

Perdido disse...

epá... não tive tempo de embrulhar o BMW que tinha para oferecer, depois do esforço de encontrarem a solução - mesmo que ao fim de 2 comentários - de um puzzle deste calibre, por isso passo o BMW ( dão muita despesa já ouvi dizer ) para outras calendas.