domingo, dezembro 10, 2006

Achado no capot

Não queria estar a achincalhar o trabalho de algum colega - ou de um senhor de uma gráfica-de-vão-de-escada - mas isto talvez mereça uma analise.
















Acho que é um logótipo feito por um cliente. De reparar o cuidado para que nenhum segundo sentido pudesse ser retirado do símbolo utilizado, coisa de cliente acagaçado.
A cada signo presente, há um outro que o confirma, elegantemente, de forma a que o potencial cliente não fique com duvidas do que se estará a passar. Acima de tudo, ele quis que se ficasse a perceber: "o envelope não fica connosco".
A inspiração foi uma pescadinha-de-rabo-na-boca?

6 comentários:

MissangaAzul disse...

E não é que hoje á tarde, também vi este maravilhoso carrito com este deslumbrante logotipo mesmo parado á frente do café onde lanchei?!?!
Tive que olhar para o lado quando vi o senhor sair do carro, para ele não me ver rir ás gargalhadas.
Ainda tentei tirar foto, mas estava muito escuro, e não ficou nada de jeito.
Só tenho uma coisa a dizer: ao vivo e a cores, é ainda mais assombroso!
lol
:)

Porcos no Espaço disse...

Já passei por uma cena destas com um cliente.

Deves lembrar-te do clássico "Voltas", um autocarro que ia buscar os mais novos para dar uma voltinha no shopping center. Fizeram um estudo que revelou um eventual receio de alguns pais relativamente ao não-regresso dos seus filhos a casa.

- "Voltas"? Mas isso é o quê? Vais e não voltas?


A solução foi encher o logótipo e as peças de comunicação com setas para a frente e para trás.

Perdido disse...

então não lembro? Ainda no outro dia encontrei o "voltas" numa revista, estive a relembrar o processo de analise do cliente.... não me rebentou uma veia no cérebro porque parei a tempo.

ar disse...

Um case study muito bom! :D Lindo. Não havia mais nenhum tipo de seta lá power point ou no Word, não? Porque se houvesse,...

ar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
ar disse...

Um case study muito bom! :D Lindo. Não havia mais nenhum tipo de seta lá power point ou no Word, não? Porque se houvesse,...