sexta-feira, dezembro 16, 2011

Jantares de Natal e team building?

Esclarecimento ao patronato:
89% dos empregados não querem festa de natal da empresa.
89% dos empregados sabem que é apenas uma operação de charme.
99% dos empregados sabe que é mais barato pagar um jantar anual que aumentar toda a gente.
99% dos organizadores de jantares e festas de natal são inaptos para tal.
99% dos patrões enganam-se pensado que a falta de entusiasmo se deve a cansaço.
100% das festas de natal deixam mais de 50% do pessoal de uma empresa com vontade de mandar tudo po caralho.

Isto é a verdade. Convido-vos a tornarem-na mais completa com a vossa experiência pessoal.

13 comentários:

Izzie disse...

E depois há aquelas empresas que "convidam" os empregados para um jantar de Natal, onde estes, na actual conjuntura, têm de largar 35 broas castelar, e quem não vai não é team player e se calhar não veste a camisola e não merece pertencer à família. True story.

Prezado disse...

WAHAHA esqueci-me de referir isso. Acrescento aqui o ponto:

99.9% dos trabalhadores não conseguem ouvir "amor à camisola" sem ter vontade de rachar a cabeça de alguém.

Izzie disse...

Também gosto muito da treta paternalista de que na empresa somos (são) como uma família. Pena é que a empresa, as mais das vezes, é a tia-avó maluca, que toda a gente gostava de abandonar à porta do hospital mas ninguém tem coragem.

(nestas alturas gosto tanto de trabalhar no sector público)

Prezado disse...

É família no sentido em que não a podemos escolher.
Aprendem todos pelo mesmo livro, não é?

Tulipa disse...

No meu trabalho já ninguém consegue disfarçar o frete...não fazemos jantar de Natal há 2 anos, menos mal.

Prezado disse...

Chega a um ponto em que o pessoal já nem consegue ser hipócrita o suficiente só para ter um jantar à pala.

ANM disse...

À Pala?! Pelas escolas onde passei tive sempre de pagar o meu almoço/jantar de Natal? Cansei!

Clara disse...

e quando a empresa n faz jantar mas faz almoço de natal e vamos trabalhar a seguir? até fiquei momentaneamente feliz por estar desempregada.

quando são jantares tenho sempre desculpa para não ir.

Xuxi disse...

hahahaha sim, os almoços são os piores, ter de voltar pra trabalhar depois do almoço sim. O ultimo foi há 2 anos. E de ver que ainda põem vinho e o catano à mesa e o patrão fica a testar a malta, isso e quando se tem de pedir os pratos em avanço, lol chorei a rir quando uma colega me disse que ia pedir um prato bem simples porque no ano anterior tinha pedido qualquer coisa com camarão e o cabrão do patrão ficou a olhar pra ela de lado, até disse em voz alta, camarão, quem pediu o camarão? lol hora de almoço nada folgada com ele(patrão) a fingir que é amigo da malta e até se gramaava com o discurso da familia e depois tudo de volta para o curral, perdão trabalho....
ó Prezado:
Jantares de Natal
a mim caem me me mal
é o ver o patronato
ainda a gozar o prato!!

Prezado disse...

Xuxi,
Um ex-patrão fingia-se meio torto para topar quem é que bebia mais que a dose... São uns barda merdas.

De Natal os tive dos bons
jantares bem divertidos
mas não tinham patrões
e estavamos bem bebidos.

Mak, o Mau disse...

Atenção, o índice de realização de festas de Natal da empresa oscila em função do número de membros da chefia/patronato que sejam ou não solteiros. Às vezes, um amigo secreto não lhes chega...


O número de alcoólicos também pode fazer variar, mas nesse caso para eles tanto é Natal em Dezembro, como em Março...

bluesy traveler disse...

Trabalhar que nem uma moura durante a semana e chegar a sexta e ainda ter de alombar com sacos de compras, bolos, bebidas, mesas, cadeiras, montar tudo, cortar laranjas para o frango assado e limão para o gin tónico (com a mesma faca) e desejar que todos apanhem uma valente desinteria?
Check.

Venham cá falar-me em sinergia e trabalhar em rede.

Prezado disse...

É só espírito natalício... Assim até dá gosto partilhar a ceia de Natal.