sexta-feira, dezembro 14, 2012

Diálogo

À barata que me disseram que teve os colhões de ficar parada no meio da cozinha derivado de ser do tamanho de um Pincher.

- Olha-me aquela. Não é uma vassoura de merda que me manda abaixo.
- Sai daí zé, ja te disse que ainda te magoas.
- Cala-te e lava a louça!
- Sai daí e vai buscar borras de café como prometeste.
- Vou quando quiser!
- És tao teimoso, possas.
- Olha a gaja lá ao fundo. Nem se mexe.
- Olha que a loira vem aí.
- Ah, outra. Agora são duas! MWAHAHAH!
- Olha que a loira vem aí.
- Ahaha olha-me a gaja nem tem mãos para a vassPAF.

4 comentários:

Dinha'' disse...

Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
Acessa o meu blog?
"Crianças Envelhecem"

http://criancasenvelhecem.blogspot.com.br/

Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
Atenciosamente Dinha.

Anónimo disse...

Era a Ludovina. E tinha um belo bigode, qual mãe de Bragança! BRRR nojenta! Mas o CIF é poderoso e mata baratas também :)

Xuxi disse...

Tens leitores muita estranhos Ó Prezado

Prezado disse...

Não conheço ninguém normal, também.