terça-feira, junho 28, 2011

Al moço

Quando me sentei na esplanada do sol escondido e me disseram que o franguinho estava bom, pensei que franguinho fosse só da mania dos empregados de mesa das batatinhas queijinhos molhinho copinho vinho e assim. Mas não, afinal veio um franguinho inteiro encolhido no prato praticamente um infante de mês e meio, ajoelhado de patas e asas, virado para Meca.

4 comentários:

Mak, o Mau disse...

É por coisas como essa que eu nunca percebi porque temos o mini-prato e não o pratinho...

Manuela disse...

Eheheheh! Adorei essa do franguinho de joelhos ;)

Pusinko disse...

Ahahah
Gostei :D
E estava bom, "ó menos"?

Prezado disse...

O gajo insistia no franguinho, mas nunca imaginei que viesse inteiro. E o do gajo do lado em vez de joelhos vinha todo escanchado.