terça-feira, janeiro 08, 2008

Edições Rei-vai-nu

Primeiras linhas do livro de Auto-ajuda da minha companheira de viagem, hoje de manhã:

"Parabéns, ter este livro para ler revela que é uma pessoa de grande sensibilidade e da mais fina inteligência (...)"


Os taxis têm algum relevo neste blog, mas o autocarro é muito mais fértil em histórias, claro. O problema é o nível. Se com os taxistas a coisa rapidamente descamba para o bas-fond, no autocarro ele nunca chega a subir...

Posso adiantar que os visitantes deste blog também são de grande sensibilidade e de finíssima inteligência, claro.

3 comentários:

António P. disse...

Como visitante agardeço a consideração em que me tem.
Abraços

Susana Rodrigues disse...

oh meu caro!! Claro que somos inteligentes! Vimo aqui para nos lembrar que afinal há alguém ainda mais idiota que nós...

Perdido disse...

Essa foi forte, fiquei sentido.