segunda-feira, janeiro 28, 2008

No-Net week

Asseguro, é possível EU viver sem net uma semana ( conta ter acedido ao mail via telemóvel? espero que não conte, porque só podia ver, não podia responder. O que me dava crises de ansiedade e tremores .)
O mundo-sem-net é algo fascinante. Para começar, parece que conteúdos novos até chegam à T.V., mas com delay. A Joana Latino, na SIC, faz uma espécie de BoingBoing versao 1989, o que torna a rubrica uma actualização dos Parodiantes de Lisboa.
Os noticiários tornam-se num Groundhog Day, se tentarmos ver todos, as todas as horas, todos os dias. Juro que consigo fazer todas as falas das gravações do INEM e do 112 sem esforço.
Se virmos todos os filmes que passam na T.V. durante uma semana, começamos a olhar para os filmes de domingo com outros olhos. O Stuart Little é um filme algo complexo ao nível conceptual, afinal.

4 comentários:

António P. disse...

Caro Perdido,
Pelos vistos já não está doente. Ainda bem...e voltou em grande forma.
Um abarço e boa recuperação

Mamã disse...

Já curado? Boa!

Perdido disse...

Obrigado, meu caro. A doença ainda cá anda, mas se ignorar o hipocondríaco em mim, até escapa.

H4rdDrunk3r disse...

aquela parte da corrida de barcos também me fez alguma confusão. E quando os ratos iam entrar no taxi, fiquei a pensar com que moedas (para eles, gigantes!) iriam pagar... =P