sexta-feira, fevereiro 06, 2009

Restaurantes em lisboa, cada vez menos

Quando tento combinar um almoço com mais do que uma pessoa, já sei que a coisa vai demorar: Toda a gente tem a vida bem preenchida, a hora de almoço dá para ir ao banco, às compras, lavar o carro, cortar o cabelo, espancar a mulher.
Mas com o andar dos anos, a juntar à falta de tempo, junta-se o síndroma do consumidor ético. Para juntar mais do que 2 humanos, deixei de ir a restaurantes sem pratos vegetarianos. Deixei de ir a restaurantes em que se fume. Também passei a ir a restaurantes onde se pode fumar. Deixei de ir a restaurantes muito caros. Deixei de ir a restaurantes muito baratos. Deixei de ir a restaurantes que deixem a roupa a cheirar a fritos. Deixei de ir a restaurantes com empregados manhosos. Deixei de ir a restaurantes sem lugar para o carrinho de bebé. Deixei de ir a restaurantes chineses. Deixei de ir a tascos. Deixei de ir a restaurantes com muito barulho. Deixei de ir a restaurantes onde se tenha de esperar muito. Deixei de ir a restaurantes deste, do outro, ou do outro lado da cidade.

O que me vale, é que quando almoço sozinho, como numa tasca qualquer.

Os meus almoços são muito criteriosos. Se conhecerem algum sítio que cumpra metade destes critérios, força.

5 comentários:

Jo Ann v. disse...

Ai credo ! Perde-se logo a vontade !

António P. disse...

Caro "Preazdo",
continuo a pensar mas vai ser dificil ajudá-lo.
Um abarço e bom fim de semana

Prezado disse...

Bom fim de semana. E afinal encontrei um restaurante: New Wok.

Anónimo disse...

new wok não preenche os requisitos. come-me mal e demora imenso :(

Prezado disse...

Esperando que o "come-me" seja gralha, eu até comi bem, e não demoraram muito. Mas não tinha espaço para o carrinho de bebé.



Se bem que não levei nenhum.