sábado, março 09, 2013

No dia seguinte ao da mulher

Lembrei-me agora, seguindo mesmo princípio do que acontece no dia da mulher, espero que no 1º de Maio, dia do trabalhador, me paguem um jantar.

4 comentários:

São João disse...

Eu já jantei com o meu patrão no 1º de Maio. Vou ficar por aqui.

marta morais disse...

quem é que te vai pagar o jantar? um desempregado?

Prezado disse...

Isso não é traição à classe operária?

Marta, Freud pediria explicações sobre essa relação. Portanto relativamente ao dia da mulher e do trabalhador dizes:

Homem paga jantar a mulher = desempregrado paga jantar a empregado

é isto? Feldrix, é lixado ser homem.

calhou calhar disse...

Esse paralelismo não serve. A ser, quando muito:

Homem paga jantar a mulher = patrão paga jantar a empregado.

Mas o ideal era mesmo ser o homem a cozinhar e a lavar a louça sempre!
:D

p.s.: eu pago umas cervejas!