segunda-feira, dezembro 07, 2015

Aquela história do bloco de esquerda e a homeopatia

O Bloco de Esquerda, não sei porquê (mas posso arranjar alguns ditos de taxistas que não ficam muito longe da realidade) quer debater a inclusão da medicina tradicional chinesa e a homeopatia na medicina ocidental (leia-se medicina). Acho positivo que o debate seja público e envolva o máximo possível de opiniões e especialidades.
Dizem-me que tenho uma postura um bocado radical quanto à homeopatia.
Mas até acho que sou tolerante, tendo em conta o que se sabe sobre o assunto.

Não vou perder tempo a refutar todas as ditas vantagens da homepatia, que conheço bem. Para cada refutação, encontraria uma lista de excepções que confirmariam a regra e não convenceria ninguém.
Também não vou perder tempo a listar fontes de informação fidedigna porque antes teria de apontar como encontrar fontes fidedignas, já que a maior parte da informação online é enviesada.
Poupo-me também o tempo de separar "bons profissionais" de "maus profissionais", porque rapidamente alguém traria esse argumento para a mesa.
Vou só focar-me nos bons profissionais, com os melhores resultados possíveis, para ser o mais tolerante possível. Testados e publicados inumeros papers* sobre os efeitos da homeopatia, estes são consistentes: No máximo, a sua eficácia é a de um placebo.

Dito isto, abra-se o debate: é ético usar placebos como tratamento, e se o é, sabendo que toda a gente se sente melhor depois de comer um bitoque, posso vender bitoques como placebo ao Serviço Nacional de Saúde?

Nota: Prezado teve um pai céptico e cresceu tendo como vizinho um medium astrólogo muito famoso e que atendia muitas celebridades e trazia muitas curas e milagres. 20 anos de contacto diário com os seus pacientes e seguidores fizeram com que, sem hesitações, meta no mesmo saco todos os métodos pouco cientificos ou minimamente dúbios: o saco do lixo.

*publicações revistas e aprovadas em revistas cientficias de referência são a unica fonte de informação fidedigna.

1 comentário:

Luna disse...

Ou canja de galinha.