terça-feira, fevereiro 26, 2008

Sotaque?

Angolano? Brasileiro? Índio? Cigano? Mexicano? Chinês?
Não é sotaque, porra. É um problema de dicção.

Não tenho cara de quem nasceu em Barcelos, também...

8 comentários:

Susana Rodrigues disse...

Só não te tomava por chines porque de resto podias ser qualquer um...
(ok, se a mongolia contar, e exceptuando a tua altura, podias ser chinês...)

Perdido disse...

Chinês dava na boa. Mas há uns anos...
Isso da mongólia é piada?

gigi disse...

Fartas-te de falar nisso. Eu nunca reparei. Nem sei a que te referes. E tu sabes que eu não sou gaja de deixar passar... Hehehe.

Perdido disse...

Como o pirata preto dos livros do Asterix. É igual, pá.

Susana Rodrigues disse...

Gi, estou escandalizada!
Como é que nunca reparaste que ele enrola a língua e tem uma grande dificuldade em dizer os R's? Aplicado numa narrativa são muiiiitas vezes palavras mal ditas. É dicção é...

ps-na ESELx vão haver umas aulas de dicção, se quiseres aviso-te :P

mãe de dois disse...

O melhor de tudo é ter no nome um apelido que com a forma peculiar de dizer os "res" resulta noutro nome completamente diferente. Deixa lá Pe'dido, leve é que não és!

Perdido disse...

Pior é ter de aceitar marcações por telefone em nome de "Nuno Silva", só para não estar a perder mais tempo.

Não vou ter aulas de dicção! isto já faz parte.

António P. disse...

E eu que sempre pensei que fosse barranquenho !
Um abraço