sábado, junho 14, 2008

Até ao centro

A gorda dos dentes espaçados a rezar baixinho, rosário na mão. A mulher das ancas largas de calça apertada e plataformas, com os headphones e puto na mão. Os velhos a orientar os assentos de todos. A trintona desorientada que lê Paulo Coelho. O chaval irritante do boné king-size e da meia branca com a raquete por cima das calças, que tenta controlar tudo. O puto dos polegares musculados agarrado ao telemóvel.

4 comentários:

A maquinista disse...

Carreira 59?

Beijinhos

Perdido disse...

Estranho, tanta pontaria vinda do nada? por pouco na mouche. Era o 58... ;)

bemvinda.

Manual de deus disse...

devias vir fazer o mesmo aqui na cidade do porto...

Perdido disse...

E ate já fui. A repetir, até. Gosto mesmo do Porto.