quarta-feira, junho 04, 2008

Um ano.

Passou a correr, com tanta coisa pelo meio. Mas as vezes em que este senhor é relembrado são muitas. Continua vivo, portanto.

3 comentários:

António P. disse...

Assim é. E nós por cá sózinhos.
Um abraço

Susana Rodrigues disse...

Bolas... já passou um ano?
(então parece que há mais de um ano que não te vejo também...)

Perdido disse...

é assim que passa o tempo e sempre a cairmos na mesma asneira: Adiar.