segunda-feira, agosto 15, 2011

Algarve místico

No mais longínquo - bolas tive saudades do teclado, uma semana a enterrar os dedos na areia não é o mesmo - dos Algarves fui procurar sentido à existência e tenho algumas revelações importantes:
 ( caso a gruta tenha dono retiro a foto )
Isto é uma foto tirada de uma gruta. Entrei nela à laia de caminho iniciático não sem algum medo pelo que poderia revelar-se, o cheiro a mijo foi uma constante passo a passo, lá ao fundo revelou-se: a dualidade de opções, 2 janelas como caminhos alternativos, a incerteza do devir. À incerteza seguiu-se a certeza vinda da falésia percebi, avançando por qualquer uma delas janelas revelar-se-iam os conteúdos do crânio do iniciado/finado.

Segui caminho, entrando numa das muitas casas de deus procurando ainda o mesmo sentido teimoso eu. Foi-me dado a experimentar o sagrado e o profano num mesmo sítio, em Aljezur.
Agora disponível em 16:9
A foto novamente é testemunha da catarse imagética que recebi quando frente a este altar num lampejo vi fogos pelejas contendas sinónimos de combate na velha Albion. Chocado não queria acreditar pensei que fosse um erro tipo box mal sintonizada mas agora que volto a casa e tenho acesso a notícias em português, vejo ser verdade.

Não é o prezado autor na foto, não. Aquilo é um labrego algarvio.
Finalmente a luz. Depois de atribulado e tortuoso caminho, descendo escadas forradas de silvas, ao cair do dia - ironia maior - debaixo das árvores de uma fenda numa fertil várzea surge a cascata iniciática - não vou dar o nome, é muito giro escrever parvoíces, meter lá o nome do sítio e depois querer nadar a vontade e tar aquilo cheio de bloggers, todos corcundas feios e mal fodidos a ocupar o espaço todo - onde o iniciado tem de percorrer 3 caminhos 3:
O caminho cheio de lixo, o caminho cheio de lama e o caminho cheio de pedras. Ultrapassados os 3 testes pode então banhar-se no conhecimento ou só ver ninfas a banharem-se no conhecimento. Também é bom.

7 comentários:

Capitu disse...

Meu bem, conheço riachos com cascatas bem mais apelativos que esse aí! E as grutas????????? horror... só o cheiro!
Férias de misérias, portanto!
Eu percebo... a crise é lixada!

Prezado disse...

Cara pitu, folgo em saber que a sua estadia no resort do haway, aquele dos bungalows com janela para a água cristalina está a correr optimamente.

Mak, o Mau disse...

Se fosse um Cristo dentro de uma gruta com uma cascata, ficaria assoberbado, assim fico só pelo aplauso mediano...

Anónimo disse...

Só mais um ignorante que passou pelo Algarve. Apenas isso.

Prezado disse...

Anónimo, estive lá só uma semana, acha que dá tempo para conhecer todos os recantos místicos e passar provas assim de xofre? Muito tentei eu.

Anita disse...

Prezado,
A gruta é minha (mas não fui eu a responsávelpeo cheiro!) =P
Quanto à cascata e respectiva lagoa que preferes manter anónma vou apenas dizer que esperava mais! É bonito, mas olha que não precisas de ocultar aqui o nome para a manter deseta. Eu estive lá há 1 semana e estava um verdadeiro inferno!!! Pelos vistos os banhistas não se deixam intimidar peos 3 caminhos... ;)

Prezado disse...

Anita, eu fui lá já à hora do jantar, já aquilo estava vazio. e mesmo só com umas 10 pessoas, cheio demais para o meu gosto. Sim, acredito que aquilo à uma da tarde seja uma representação do Aqueronte.