terça-feira, julho 17, 2007

Lá fora é que é bom

Lá fora não cuspi no chão, nem nada. Nem um papelinho, beatas ou cascabulhos de maçã atirados pela janela. Apanhei o cócó do cão sem vacilar. Não fiz piqueniques de garrafão com tijolos aos berros, nem fui para a praia com uma geleira de 20 litros. Não meti as patas em cima do banco do autocarro.
Agora que estou em casa...

Sinceramente, é que isto por cá está parado. Saí de Warp 2 para 20 à hora.

2 comentários:

martinz disse...

lá está...o sindrome do emigrante!!! ehehhe, de qualquer forma gosto de te ver de volta

Perdido disse...

Ontem lembrei-me de como era facil este país ser melhor... provocaçãozinha.