terça-feira, junho 11, 2013

Betopia

Fui com o Pascoal e o Januário ao Plateu.
O Pascoal empurrou-nos. Relatou que tinha ido lá há tempos. Foi com amigos, e na pressão de impressionar os amigos, a coincidência de ser fim do mês e estar já com os copos, comprou garrafa só para entrar. Sim, em 2013 ainda há pessoas com menos de 40 anos que têm garrafas em bares.
Em 2013 também é meio estranho entrar no Plateau. Aquela zona da Kapital e do Plateau e afins sempre esteve para lá de um muro de Berlim ético, mas sempre tive curiosidade de saber o que se passava para lá da Barraca.
Sábado entrei no Plateau. Entrei na 5º dimensão dos betos. 
Nunca tinha visto o interior daquilo. Será que é assim há muitos anos? pareceu-me uma fábrica de colectâneas Buddha Bar: Espelhos. Molduras douradas. Budas. Colunas douradas. Ventoinhas. Espelhos. Mais budas. Não há cu. Ir a um bar que parece um catálogo do Gato Preto de há 10 anos a passar musica de há 30.
A fauna. As pitas. Os bimbos. As quarentonas. Os betos. Betos e bimbos é o mesmo. Pitas e quarentonas também é o mesmo. Se aquele pessoal gótico quarentão do Metropolis faz figura de urso quando continua a vestir-se de preto e a usar docs já careca, os betos que fazem o mesmo são muito mais cómicos. T-shirts com ratos e surfistas depois dos 40? foda-se. No meio disto, se calhar o melhor de tudo é que, como é hábito em discotecas de betos, dançam pouco. As betas e os betos não se mexem, é uma treta genética qualquer, fruto de consanguinidade ou colares com crucifixos demasiados apertados ao pescoço.

1 comentário:

margas disse...

Ahahaha nunca tinha pensado nisso dos colares demasiado chegados ao pescoço! Mas olha que o Main (antiga Kapital) agora está bonzinho se evitarmos as 5ª e as 6ªs! O que continua bom mesmo é o Lux e aquilo novo do 3D (antigos Twins)! Fica a dica! ;)