segunda-feira, outubro 06, 2008

Depilação

Pois, em geral é tema de blogs de gajas. Eu sei. Caguem nisso.
Afinal, entre tanta treta, esta é uma que já é incontornável. Tenho de expor o terror que se espalha, antes que seja tarde, e não consiga encontrar pessoas sãs. Quando aparece gente conhecida a aderir, ficamos sem perceber onde isto irá parar...

-"Fosga-se, o que é que fizeste?"
-"ah, meti creme depilatório. 4 minutos, já tá."
-"Senhor, não vou dormir hoje. Que visão dos infernos, essa barriga. Vá, desbronca-te: "elas gostam", não é?"
-"Claro, fico mais bonito. Há mais algum motivo para fazer isto?"


Pronto, ok. O certo é que há. Há anos, um amigo meu fez o mesmo ( e quando digo um-amigo-meu é mesmo um amigo meu, porque eu sou imberbe, é sabido. ) , porque a namorada se queixava de cócegas. Esse foi mais radical, foi de gilette.

Tanto num caso como noutro, asseguro: parecem frangos depenados, não é uma visão bonita. Já depenei frangos e a única diferença é o cheiro. Os frangos não cheiram a Aqua Velva nem a Old Spice.

Agora eu, que não percebo muito de pêlos, pergunto: e a comichão dos pêlos a crescer, senhor? Não é pior a emenda que o soneto?


disclaimer: este post é preconceituoso.

16 comentários:

humming disse...

Eu sou uma leitora assídua e silenciosa. Hoje não me contenho, porque o tema move em mim uma revolta que preciso expurgar.

Quando a moda da depilação começou a aparecer eu pensei que vocês não fossem aderir.
Grande desilusão! Um a um vão todos marchando para a tosquia. É ridículo.

A questão para mim não é se gosto ou não de um homem com pêlos. A questão é se gosto ou não de um homem que se presta a isso. Um homem que se preocupa com os pelinhos... Não pode ser... Não gosto, não quero. Dispenso.

Se por natureza não tiver, que seja. Se por natureza tiver pêlos, está tudo bem.

O que não é natural para mim é pensarem nessas coisas!

Perdido disse...

Benvinda, Humming, já podias ter saido das sombras há mais tempo. Expurga à vontade, ninguém ouve.

Ele há gajos para tudo, é verdade... E ainda há miudas preconceituosas, bem hajam. Achas que pêlos a mais é preocupação demais para nós, homens tótós?

Vanita disse...

Um homem depilado assusta-me! E é tão bom fazer "rolinhos" com os dedos num peito com algum pelinho. Deixem-se de tretas ;)))

Perdido disse...

Irgh, fazer rolinhos no peito de alguêm... Outra imagem dantesca.

humming disse...

Eu não acho que seja demais. Eu acho é que "demenos"... Acho fútil. Acho que os homens são seres mais práticos e menos dados a pormenores desses.

Mas é a minha interpretação. Eu que me dane com ela e pronto.

António P. disse...

Bom dia Perdido,
Eu também não sou especialista em pelosidades mas como diz este post é preconceituoso.
Eu continuo a gostar de mulheres com buço e pelos nas pernas.
Gostos...
Um abraço

Perdido disse...

Finalmente, António, alguém que me compreende...

...Uma fundação para defesa e expansão do buço transmontano? Com fundos europeus.

Edson Medina disse...

Medo. Tantos ursinhos peludos.

Eu cá tiro tudo. Pego na máquina de cabelo, começo por rapar a cabeça e só páro nos pés (ok, confesso que é raro rapar as pernas, mas tudo o resto vai à vida).

E se vamos delinear fronteiras à volta do que é permitido para cada sexo, então voto que as mulheres não deviam ver futebol. Não pelo acto em si, mas por se darem ao trabalho de pensar nisso... não gosto.

E já agora ninguém faça a barba, que os homens querem-se peludos.

Cambada de preconceituosos.

Perdido disse...

Eu também voto que as mulheres não deviam ver futebol. Pelo menos à minha frente, não. É feio, não gosto, também. Achava que já teriam ultrapassado essa fase evolutiva reservada aos grunhos, mas não. Apoiado.

Quanto à tua vida, Edson: passas o dia a coçar-te, usas loção da barba no corpo todo, como é que é?

Edson Medina disse...

Homem que é homem não usa cremes nem loções. Faço a seco, pois claro.

Depois é coçar à vontade (e cheirar a mão, sempre), como um verdadeiro homem deve.

A única diferença é os chatos, tenho menos (isso e pelos na banheira/sanita/garganta das feladoras).

Depilar não tem nada de errado. Masturbação é que cega as pessoas. :D

Prezado disse...

é engraçado, também faço a seco. Pela simples razão que sou forreta: para quê encher a cara de creme de barbear se o intervalo entre cada pêlo é pelo menos 2cm?

Masturbação, que eu saiba, faz é pêlos nas palmas das mãos. Também rapas, ou também tens uma saboneteira com o tal creme?

Mod disse...

Com a controvérsia instalada no "backyard" do nosso amigo Perdido, não me consigo inibir de deixar aqui a minha opinião.

Fonte do preconceito ou não, diria que a culpa de a maior parte das pessoas se subterem à vil máquina de poda ou a outros meios de tosquia, se prende com o excesso de televisão.

Programas como o "Queer Eye for the Straight Guy" e o "Total Makeover", antigiram em cheio a auto-estima dos portugueses, que agora, em vez de passarem tempo com as suas e os seus respectivos, perdem hora infidáveis em filas para os centros de estética.

Quase que aposto que a desculpa agora vai passar a ser:
"Hoje não, que estou com a pele irritada"; em vez do clássico...
"Hoje não, doí-me a cabeça!"

Prezado disse...

"máquina de poda" é lindo. ehehe

mãe de dois disse...

Eu gosto pouco de pelos e, por sorte, calhou-me na rifa um marido com pouco pêlo. Mas ainda bem que é natural pois essa do rapar...já tenho problemas que cheguem gerados pelo crescimento da barba, naquela fase em que já arranha mas ainda não está grande. Imagine-se o corpo todo com este problema. CREDO!
Isto o bom é a variedade para todos os gostos, no entanto, tudo rapadinho, tipo menino de 5 anos, não obrigada!

Anónimo disse...

Acho que não podemos generalizar, depende do gosto de cada um e da textura que mais aprecia, se é veludo, seda ou lixa nº 1. Na minha modesta opinião sou pelas texturas sedosas, nada como pele. Claro que as pessoas não têm de parecer girinos viscosos, convem ter alguns pontos de referência, mas overall pele é pele e se vamos criticar a depilação masculina teremos de criticar uma data de outras coisas que as pessoas fazem no intuito de se sentirem bem. Não sejamos portanto preconceituosos. De acordo com uma amiga minha, feita nos sitios certos..., bom dígamos que não sabem o que perdem. Tenho dito

Prezado disse...

"menino de 5 anos", boa descrição. irrgh.


Sitios certos como, anónimo(a)? Não tou a ver. Sou tão burrinho.