sexta-feira, julho 15, 2011

Mesa para quarto

Mouraria acima, ruas da Severa abaixo entra-se numa porta suspeita. Como ali todas as portas são suspeitas e esta é insuspeita é algo suspeito peito cheio sobe-se a escada ignora-se a desarrumação é uma casa normal se é que há disso, mas lá em cima é um restaurante. Ali não há cartões, não há caixa sequer, só há divisões com mesas e cadeiras uma de cada nação e aqui não é retro-vintage-eclético é mesmo falta de gosto pois misturar vários tipos de cadeiras não é só moda, pode ser também falta de dinheiro os pratos são fartos assim como é a gordura em cima das mesas. O restaurante podia ser chinês se fosse um restaurante era do mundo, divido mesa com suecas que dão lugar a um casal português e assim por diante ante a confusão de pratos a pausa lá fora, a varanda a dar-se para as janelas dos vizinhos um metro os separa, já é tarde, esperam que a conversa acabe impacientes.


1 comentário:

M disse...

bem servido, este texto.