sexta-feira, novembro 05, 2010

Uma semana

Depois do filho-da-puta-do-gato me empurrar o portátil da cómoda e de eu o ter chamado 36 nomes ainda antes do portátil se estatelar direitinho no chão, vi com agrado que não o matei, se bem que foi apenas porque ele foi bastante rápido a fugir. Já recomposto, e em jeito de fecho da semana e desta fase - Segunda feira há novidades - deixo as fotos desta semana, relatando a melancolia do outono, em jeito de Diário de Marilu mas sem aquela folha sempre colada nos dedos.


Os taxis. Sempre. Esta semana andei de taxi mas não consegui arrancar nenhuma info.

Andei de volta dos trabalhos manuais. Segundo o PEC3, o canivete que vêem acima é agora ilegal. Não o denunciem, temo não ter verba para comprar outro e tenho muita estimação neste, era do meu avô.

Fui jantar a um conhecido indiano, tentei impingir este retrato do cozinheiro que fiz enquanto tomava o café, mas ele não apreciou especialmente. Insisti bastantes vezes. Voltei a insistir. Ele dizia que não. Ainda lhe disse que fazia mais 5 desenhos e que ele podia levar todos, mas ele mesmo assim disse que não. Nisto, entra a minha companheira de casa, clamando que já conhece o restaurante desde a libertação de Goa e que eu devia ter ido para outro lado. Foi à vida dela, mas em casa insistiu muitas vezes sobre a identidade da pessoa com quem eu estava. Insisti: "se ela só sai à rua com um saco de papel a tapar a cabeça, é por um bom motivo."


Segui o apelo de William H. Burroughs "smash the control images - smash the control machine". Não fui de modas: Vandalizei esta máquina de control. Lisboa está cheia destes dispositivos de control. Fiel leitor de Huxley e Orwell, como eles detesto regimes totalitários e fiz a minha parte, sabotando a máquina com uma mensagem de subversão e revolta. Coelho estrábico, faz o teu papel.

9 comentários:

marta morais disse...

Fizeste-me rir tanto com a control machine que até me proponho a fazer um donativo práquela coisa que te faz tanta falta e que agora não sei o nome nem aparece escrita no cantinho porque estou na janela dos comentários mas tu sabes de que é que eu estou a falar. Deixa chegar o 13º mês. Espera... eu não tenho disso. Suponho que 10 euros já é uma ajuda...?

Malena disse...

E viva a revolta popular-chique! ;)

Cuca disse...

vou denunciar isso do canivete. sou assim. má como as cobras.

Missy Chatterton disse...

e o portátil?! sobreviveu ? (:

senhorita valdez disse...

não me lembro de ver nenhum cozinheiro do natraj com esse aspecto. estás bem?

Scarlet disse...

you're crazy pá :)

Prezado disse...

Eu estou ok, o portátil está ok, vou ali curar-me com aquele tipo japonês, o Guronsan.

Anónimo disse...

muito bom banana

Capitu disse...

também sou fã dos dispositivos Control! E restaurante indiano...