sábado, janeiro 01, 2011

Tarda mas não falha

O balanço.
Tinha de ser.

2010 foi, generica e medianamente, uma merda. Mas, como em tudo, há muita coisa que se aproveita. Foi intenso. Um ano que levou tanta volta que parecem 2. Mudei-me do Lambert, do qual sinto saudades das jantaradas e da cozinha que as tornava possíveis. Vivi 2 meses em profundo caos - estava sozinho - , derivado de não ter de dar satisfações sobre porque razão havia jornais de 2008 debaixo de pratos por lavar há 15 dias em cima do sofá. Mudei-me para casa da menina do trombone. Passei a ter um frigorífico imaculado. Deixei de ter alergias aos vizinhos e maldizer o bairro todo. A casa é gelada mas tem alma. Também tem gatos, o que inicialmente era uma vantagem. Agora que o Maldito - é como vou passar a chamar o gato mais pequeno - foi castrado, conto que fique mais calmo.
Deixei a vida de freelance - há quem lhe chame desemprego - e voltei à prostituição in-doors, vulgo "agência". Pela primeira vez na vida, consigo separar trabalho e Prezado. Qualidade de vida passa por isto.
Fiquei menos exigente com este blog. O botão de random ( ctrl+shift+f12+r+caps+professor karamba ) que faz os posts é cada mais utilizado.

8 comentários:

Capitu disse...

A casa é fria? 'Tás lixado, não vais arranjar quem te queira!

Xuxi disse...

gosto mais do Professor Falo, post pic here please!!!

Prezado disse...

Assim tenho desculpa para pedir para me aquecerem os pés, pitu.

Malena disse...

Professor Karamba é bonito! :)))
Bom ano! :))

Capitu disse...

Ninguém quer deitar numa cama fria. E lençóis de flanela? pensa nisso...

Prezado disse...

Cama preta. Não tenho lençois de flanela.

Tulipa disse...

Bom ano novo! kiss

Crente disse...

Quais lençóis de flanela... lençóis polares! E saco de água quente... ou meias quentinhas... Isto tudo se houver falta de companhia. (aconselharia também os gatos, mas já aprendi que é melhor não...).
Que este ano seja bem melhor que 2010. Para ti e para mim.