sexta-feira, março 19, 2010

Os 4 canais

Vivo há um ano num prédio com a melhor gestão de condomínios do universo, no Lumiar ( é mais naquele sitio com um nome estrangeiro, mas tenho vergonha de dizer, pronto ). É como viver na Suiça: se há uma lâmpada fundida, colocam um edital nos elevadores a anunciar a sua remoção.
E eu calado.
Há um ano, andava eu sem televisão, em busca do meu equilíbrio com o universo e feliz da vida. Agora que ganhei a habilidade de ver televisão em doses controladas e ouvir resmas de assassinatos, guerras e atentados e ser feliz da vida na mesma, este gajos do condominio esquecem-se completamente que pode haver ainda um maluco qualquer do contra que AINDA quer só 4 canais e uma antena daquelas à antiga, com um cabo coaxial a ligar a um monte de ferros lá acima, ao eter. Mas ligo a tv e é só artefactos arqueológicos: chuva! fantasmas! ecran a rodar! interferências! ( ainda existem estas coisas ).
O problema é que eu sei que se reclamo ao condomínio, é uma pandora que se abre, vão haver comissões de inquérito e hara-kiri de responsáveis durante meses.

Estou a pensar numa daquelas antenas pequenas na janela, mas ia ter o condomínio à perna por alteração de fachada.

5 comentários:

bluesy traveler disse...

E as benditas reuniões desse condomínio? Queremos saber pormenores sórdidos....

ADEK disse...

Por situações mais ou menos semelhantes, decidi há uns meses só usar a tv para ver dvd's:P

Capitu disse...

eheheheh... no meu prédio somos quatro vizinhos. Nunca nos vemos mas somos todos muito amigos. Quando se funde uma lâmpada, um de nós (o menos preguiçoso) vai e substitui. As escadas passam semanas sem ser limpas e ninguém se arrelia. É tão bom estar em família, sem mariquices, nem gente a lixar-me porque o elevador cheira a cão ou porque há pêlo na entrada do prédio.

Prezado disse...

Era só isso que eu queria. Este estado de policiamento permanente que se vive aqui é pidesco.

SillyTalk disse...

Já vivi assim, a tentar ter os 4 canais, mas só apanhava 1 e com chuva. Aguentei um mês, depois montei um DVD e vi filmes como se o Mundo fosse acabar.