segunda-feira, agosto 19, 2013

Praias com OST

Isto é simples: O Gerês tem colunas amarradas às árvores a passar David Getta? Não tem. Era estúpido, porque há uma noção natural, senso comum, de que uma floresta é um sítio que se completa por si só. Isto é histórico, está escrito, a partir de dada altura considerou-se o campo como o regresso às origens, ao que é puro, ao que é saudável, ao natural.
Porque é que é tão difícil de trazer esta ideia para a praia?
Não, foda-se. Musica na praia? não gosto de martelos de carrinhos de choque fora das pistas de carrinhos de choque. Lá, tolero-os ou até me rio deles. Mas porque é que há esta associação livre entre praia e musica de merda? O que é que se passa no cérebro deste pessoal?

- Olha, ali as ondas estão a bater mesmo junto às rochas. É um bocado monótono.
- Deve ser, eu vou à água.
- A sério, chateia-me isto. Não achas que se metesse um som assim porreiro isto ficava menos chato?
- Eu vou deitar-me na areia à sombra e ver se durmo um coche.
- É isso, vou pôr David Getta. Mas para a praia toda. Decerto que todos gostam de David Getta.

Não, caralho. Não. Essa merda é má. Nem que fossem harpas celestiais. Isso não é diferente de ir de autocarro a gramar um telemóvel com kuduro em altavoz ou entrar sem querer no Plateau. Para este pessoal existe/falta alguma coisa na praia que de alguma forma lhes diz que 1. somos todos bimbos 2. a praia precisa de agitar para ser altamente 3. as leis normais aplicadas aos autocarros, headphones e vizinhança no geral deixam de ser válidas.

5 comentários:

pipinhaeheh disse...

É coisa que me a mim também me ultrapassa. Até aceito que haja quem goste de ir à praia e ouvir música mas que tal um leitor de mp3? É tipo aquelas pessoas que vão para o Alentejo descansar porque é sossegado, mas depois ficam muito admiradas porque afinal aquilo é demasiado calmo.

M D Roque disse...

Aposto que não tens filhos adolescentes... Lá por os headphones, até põem, mas depois... CANTAM... a malta habitua-se a tudo nesta vida...

pipinhaeheh disse...

Os meus ainda são pequeninos. A OST preferida deles é: Ó mãaaaaaaaaaaae!! :)

zozô disse...

Concordo totalmente, Prezado. Mas é uma moda que há-de acabar. Não sei quando, mas há-de.

zozô disse...

Concordo totalmente, Prezado. Mas é uma moda que há-de acabar. Não sei quando, mas há-de.