terça-feira, junho 01, 2010

Dia da criança, é?



É do meu tempo, é.

A música ganha especial interesse a partir do segundo 16, onde fica algo entre Joe Dassin e Rodrigo Leão. Mas depois volta a ser parva.

11 comentários:

Dora disse...

Isto é do meu tempo também! Não ouvia isto desde essa altura!
Como se chamava em português?

Capitu disse...

Ná... nunca vi tal coisa. Mas achei a música um must.

Prezado disse...

Nunca viste?

estranho.

Dora, acho que se chamava.... Chapi Chapô.

Precis Almana disse...

É do meu tempo também :-) Não sei porquê, achei que serias mais novo (sou vejo trintinhas por aqui...)

Prezado disse...

"trintinhas" como palavra depreciativa é genial. Já não bastavam as miudas de 18 tratarem-me por "senhor"...
Não, tenho mesmo trintas, AINDA.


Precis, se calhar andavas a ver desenhos animados já fora de tempo... Brincaste com bonecas até aos 18?

Precis Almana disse...

Mas és "inhas", ou "ão"?
Não é depreciativo, é por serem trinta e poucos (=inhas). Eu "só" sou quarentinha!

Acho que o Chapi se via muito no meio das coisas do Granja enquanto se esperava pelo Verão Azul (se não me engano). E no Verão Azul eu já era muito adolescente. Ou seja, já não seria completamente do meu tempo.

Prezado disse...

Nem "inhas" nem "ão", é "édio".
Como em médio, mesmo a meio da curva.

Precis Almana disse...

Ahahah! Ok. Gostei muito de ter 35 anos. Já lá vão, mas é fixolas. Aproveita!

Prezado disse...

A idade avança e desde que passei os 31, digo que estou na melhor idade de sempre. Defesa!

Precis Almana disse...

Eu não o digo por defesa, digo-o seriamente. Gostei imenso da década dos 30 e gosto muito da maturidade e da segurança que se adquire nos 40. A única coisa que não gosto, evidentemente, são os sinais externos do "envelhecimento". Mas vivo muito bem com eles porque há coisas más na vida, bem piores que essas. Por isso, venham daí os brancos e etc. Mas enfim, conversa longa para se ter aqui :-)

Prezado disse...

whahahaha "venham os brancos" Genial! isso merece post.