quarta-feira, junho 23, 2010

A minha sobrinha

Deve ser burrinha, só se ri. E ainda não fala.
Não lhe consegui arrancar mais do que um arroto.
Não se pode atirar ao ar.

Seca de gaja, não colabora para nada.


Uma coisa que reparo é que o sentido de humor do pior dos sarcásticos, irónicos sardónicos  ou cínicos, morre um bocado quando têm filhos. Pelo menos quando a piada é com o filho.
Eu fiz o teste com uma piada de pedófilos quando tinha o filho de uma amiga ao colo. Já foi há anos e ela não se esquece.

12 comentários:

marta morais disse...

Tens toda a razão.
E uma coisa que nem à tua melhor amiga, nem ao teu amigo do peito (até me arriscava a dizer que nem à tua irmã, mas depende da relação) deves fazer: criticar o modo como ela / ele educa o filho. É o pior que podes fazer a um pai / mãe, não contes com o desportivismo que tinham antes da condição parental.

Prezado disse...

ehehe "desportivismo" é uma boa escolha. Sim, ganham umas palas e acabou ali. Foi-se.

Capitu disse...

Uma vez disseram-me: tens sempre um sorriso pateta na cara.
Isso quer dizer que sou burra?

Capitu disse...

Fixe, fixe é quando os petizes nos vêm nus! olha que falam e bem...

Prezado disse...

Bom, Capitu

Há caras que estão muito condicionadas pela própria fisionomia. A minha cara, aos olhos das crianças, é de parvo. Aos olhos de alguns adultos também, curioso.

O melhor exemplo que podemos ver em figuras públicas será a Rita Pereira. Deus, cruel como nunca - talvez aquela história de mandar o outro matar o filho figure como o segundo ponto alto - deu-lhe a maior cara de burrinha que já vi, simplesmente juntando o mais possível aqueles olhos de bambi gigantes. é uma tragédia.

Capitu disse...

Não me fales em Bambi, por favor! Não há bambi, mais bambi do que eu.
Por acaso... agora que falas:
no outro dia fui vigiar exames e o fulano que estava a vigiar comigo mandou-me confirmar os Bi dos miúdos. Mal acabei de confirmar, ele voltou a confirmá-los. Ontem, perguntei-lhe, à frente de toda a gente numa reunião, se a minha cara de burra era assim tão evidente.

Prezado disse...

ehehe um problema cognitivo? do senhor, digo.

Buttafly...fly...fly... disse...

Uma coisa dessas não serve para nada mesmo, lixo com ela...

;)

PS. brincadeirinha, hum?...

Prezado disse...

Butafly,

Acho que ainda há espaço para ela melhorar. Ainda agora começou.
Pelo menos já dá para lhe agarrar nos pés e fazer coreografias.

S* disse...

Ai as pessoas são muito sensíveis, pelos vistos... Eu digo piadas parvas a toda a hora. Temos pena.

Malena disse...

Arrancaste-lha um arroto? Mas isso é maravilhoso! Podes começar a pensar em ser pai! ;)

Prezado disse...

Calma lá com o andor....