sexta-feira, julho 09, 2010

O frigorífico, calibrador de cor

Calibrar cores é lixado e é preciso paciência. Às vezes acabo um trabalho no computador, está tudo finalizado, e quando vou a imprimir para mostrar a alguém, tenho de voltar a colorir o trabalho todo, só para que as cores fiquem mais fiéis com o que será o trabalho final. Descobri que o frigorifico pode fazer isto com hamburguers, por exemplo. Se na segunda feira o hamburguer era de um radioso vermelho escuro, hoje já é castanho-acizentado. Recebi a dica, entretanto, que uma maneira de calibrar as várias tonalidades possíveis é com o uso de tupperwares. Genial.

8 comentários:

Crente disse...

Colocar dentro de um saco ou embrulhar em película aderente também funciona... Pelo menos ouvi dizer que sim...
Bjs
Crente

Malena disse...

Se deixares a carne fora do dito não só calibras as cores como os cheiros! :P

Prezado disse...

É só novidades. Isto parece um forum de engenharia alimentar.

Capitu disse...

Depende: a mim, quer as caixas de plástico, quer o alumínio ou o celó-fam (é de propósito - ora lê lá assim, tem muito mais piada)me fazem descalibragem da cor ao fim de algum tempo. Mais: eu apenas tinha lá duas salsichas (imaginemos) e quando vou abrir, tenho lá uma série de elementos estranhos a boiar. Isto sim é arte.

Prezado disse...

capitu, temos de partilhar umas fotos.

Capitu disse...

Não tenho coragem para isso. Eu uso a sanita para evacuar a falta de calibragem e tu?

Prezado disse...

eu uso tupperwares.

Capitu disse...

sim, mas depois... deita no caixote?
Eu não tenho coragem!!!!!!!!!!!!!!
Blhac, aquilo parece vivo... ainda vem a rastejar até mim...