terça-feira, abril 26, 2011

Acontece

Abri a porta duas vezes para ler o contador da eletricidade e por duas vezes o gato saiu disparado. Duas vizinhas de baixo conversavam de respectiva porta aberta. Gato cinzento voa escada abaixo, escolhe a porta da esquerda: Vizinha simpática, aparece com gato ao colo - sim o cabrão com que berro é esse - e peço desculpa.
Gato cinzento volta a voar escada abaixo, escolhe agora porta direita: vizinha antipática, resmunga "mas porque é que não fecham a porta quando não precisam dela aberta - ó minha grana digo para mim         bem é que bastam 2 segundos para o cabrão sair deves achar que eu curto descer as escadas todas a ir buscá-lo sempre que abro a puta da porta é mesmo uma cena que me deixa aos pinotes caralho curto bué - , o gato entra-me aqui em casa!
Fecho a porta, continuo a ler o contador sim que sou burrinho trihorario bihorario não pesco nada de contadores fico na escada, vizinha pensa que a porta fechou comigo lá dentro, mas não, está o vizinho de cima na escada pois, o tal do apartamento de cima que faz barulho pois lá ouvi a confirmação de tudo o que postei em jeito de ficção há uns dias.

8 comentários:

Julie D´aiglemont disse...

Nossa senhora da vuvuzela! O teu cardume é mesmo muito selvagenzinho, graçasadeus! (hoje está-me a dar para a religião)Dizem que os bichos são a imagem do dono, eh!eh! Pelo menos, os meus são: preguiçosos, comilões e dissimulados.

Prezado disse...

Ah falha major: não são meus, nenhum deles.

Julie D´aiglemont disse...

Não são teus?! Como não? São da tua namorada/mulher, namorado/homem? Ou é uma postura filosófica, do género "não são meus, eu é que sou deles"? OK, OK, outra coisa em comum com os gatos: sou curiosa e indiscreta.

Prezado disse...

Perdeste muito episódio...

Xana disse...

Aqui está uma ideia para solucionar esse problema... http://www.pixmania.com/pt/pt/9213272/art/brevi/parque-royal-verde.html
;-)

Crente disse...

Hahaha! Esses artistas, são todos a mesma coisa. Eu tenho uns quantos na família, esses que não fazem nada, nem conseguem, coitados. Mas os gatos tenho-os eu. Que sou lorpa.

Julie D´aiglemont disse...

A minha curiosidade vai obrigar-me a ler o teu blog desde o início. Maldito sejas!

Prezado disse...

Não faças isso! Eu ao início fazia posts sob a influência da normalidade, é deprimente. Mas podes ir mais ou menos até Julho / Agosto de 2010. Também aconselho 12 de Novembro de 2008.